Ads 468x60px

Labels

Labels

21 de abr de 2011

Pegue uma pipoca e assista ao Tube+ causar mais discussões sobre a lei de copyrights


Querendo ou não, os usuários que buscam conteúdo da indústria cinematográfica têm o que quiser na rede. Qualquer programa de TV ou filme está a poucos cliques de distância. Por essa ótica, o Tube+ não oferece nada de novo. O que ele faz, porém – e o que tem tudo para torná-lo popular – é a organização do conteúdo.

Numa pegada meio Netflix, só que gratuito e disponível no mundo todo, o Tube+ separa todo o seu conteúdo de filmes e seriados de maneira organizada e visual. Se você quer o último episódio de How I Met Your Mother, a experiência de consegui-lo costumava passar por torrents, busca em comunidades pelo link certo de download e coisas assim. A graça do Tube+ é que você clica no nome do seriado logo na capa e já está com o player do episódio mais recente na sua frente, retirado de algum outro site que o exiba. Sem legenda, é claro, mas não se pode querer tudo.
O interessante é que, mesmo oferecendo um serviço que claramente vai desagradar os grandes estúdios, o Tube+ exibe uma página em que garante estar do lado da legalidade, oferecendo um “modo revolucionário de assistirvídeos”, mas sem desrespeitar lei nenhuma. “Nós levamos muito a sério a questão dos direitos autorais, e protegeremos vigorosamente os direitos dos donos dos copyrights. Se você é o detentor de copyright de algum conteúdo que aparece no site TUBE+ e não autorizou o uso deste conteúdo, nos notifique por escrito para que possamos localizar o suposto conteúdo em violação e tomar uma atitude”. Algo me diz que, se eles honrarem esta palavra, o site não vai durar muito.

0 comentários:

Postar um comentário

CÓDIGO DO LINKWITHIN