Ads 468x60px

Labels

Labels

26 de abr de 2011

Homem processa Facebook e pede 1 dólar de indenização



Um norte-americano chamado David Fagin está processando o Facebook depois que os bots da rede social o classificaram como um spammer. Escritor com passagens por canais infantis e pelo Comedy Central, Fagin foi temporariamente impedido de adicionar novos amigos no site depois de enviar um número “excessivamente alto” de requisições a outros navegantes.
Temendo que sua conta fosse excluída, tentou evitar maiores dores de cabeça procurando o suporte do Facebook para esclarecer suas dúvidas. Até descobrir que o Facebook não tem uma página de suporte.
“Quando você está tentando entrar em contato com a maior rede social do mundo, que atualmente vale mais que a Microsoft, e não consegue chegar até um ser humano, isso pode ser algo que deveria chamar a atenção da Comissão Federal do Comércio ou do Congresso”, explica Fagin.
O rapaz lembra que os problemas do site vão além: “O Facebook ativamente contradiz suas próprias políticas. De um lado eles dizem que você não pode adicionar alguém que você não conhece, mas de outro constantemente lhe bombardeia com uma série de nomes de pessoas que você pode conhecer, e essa prática vai de encontro com a classificação de spammer”, diz. “Ninguém conhece 2.688 pessoas, nem mesmo Donald Trump”.
A indenização pedida por Fagin nos tribunais para tamanho incômodo é de módico US$ 1. “Isso obviamente não irá doer em seus bolsos, mas fará com que o debate sobre suas práticas vá a público”, finaliza.


0 comentários:

Postar um comentário

CÓDIGO DO LINKWITHIN