Ads 468x60px

Labels

Labels

24 de jun de 2011

Protótipo dobrável combina o que há de melhor entre smartphones e tablets



Um protótipo de smartphone, desenvolvido pelas empresas de design Imerj e Frog, apresenta uma nova perspectiva de interação aos usuários. O gadget experimental pode ser dobrado e conta com duas telas, as quais podem executar funções diferentes.

O modelo, ainda sem um nome oficial, está sendo chamado de “2-in-1 Smartpad” e é considerado uma fusão de smartphone e tablet por seus criadores. Com suporte a multitarefas e duas telas sensíveis ao toque, que juntas possuem 6 polegadas, o dispositivo promete revolucionar o mercado de portáteis. Confira o vídeo de divulgação do aparelho.


Especificações

  • Processador dual-core TI OMAP;
  • 1 GB de memória RAM DDR3;
  • 32 GB de espaço interno para armazenamento de dados – expansível para até 128 GB com a utilização de cartão de memória micro SD;
  • Duas telas WVGA Super AMOLED de 4 polegadas. Ao serem combinadas elas atingem 6 polegadas com resolução de até 960 por 800 pixels;
  • Vidro de proteção Gorilla – considerado o mais resistente do mundo;
  • Sistema operacional Android 2.3 (Gingerbread);
  • 7 milímetros de espessura quando aberto;
  • Câmera com 5 megapixels;
  • Grava vídeos em até 720p;
  • Teclado QWERTY virtual que pode assumir a totalidade de uma das telas;
  • Bateria de 1750 mA.

  • Primeiras impressões

    O site Engadget teve a oportunidade de manipular o protótipo da Imerj. Segundo a avaliação publicada, o aparelho demonstrou ser, à primeira vista, bem resistente. Ambas as partes do dispositivo são densas e o mecanismo de dobra, que utiliza imãs ao invés de componentes mecânicos, mostrou-se eficiente.
    A espessura do aparelho foi outra característica que chamou atenção. O gadget fechado é um pouco mais espesso que o iPhone 4, por exemplo. Ao ser aberto, o modelo fica com apenas 7 milímetros de espessura, o mais fino smartphone do mundo.

    O design da novidade é moderno. Seu revestimento, que aparenta ser constituído de uma grossa camada de tinta metálica, aliado ao vidro Gorilla que protege os displays dá ao gadget uma aparência elegante e sofisticada.

    Entretanto, os dois milímetros das bordas de cada tela podem atrapalhar levemente a interação do usuário, pois acaba cortando conteúdos quando exibidos em tela cheia. De acordo com a publicação, as telas Super AMOLED teriam apresentado pequenas distorções de cores. Apesar disso, a experiência de interação e navegação não é afetada.
    A princípio, o desempenho no processamento de dados do aparelho ficou abaixo do esperado. Ele apresentou alguns travamentos e lentidão ao ser mais exigido. Todavia, é válido lembrar que o “2-in-1 Smartpad” é um protótipo, significando que inúmeras melhorias ainda devem ser implementadas.

    O suporte para multitarefas é o grande atrativo desse dispositivo. Ele permite que diferentes aplicativos sejam executados em cada tela, uma experiência inovadora. Assim, é possível jogar um game sem tirar o olho da lista de reprodução do player de músicas, por exemplo. Basta arrastar uma janela sobre a outra para que elas troquem de posição nos displays.
    A performance de navegação com o modo tela inteira é aprimorada, se comparado aos smartphones. A possibilidade de visualizar conteúdos em 6 polegadas torna a interação mais intuitiva. O telcado QWERTY virtual pode ser aplicado na totalidade de uma das telas, o que permite a digitação com maior facilidade.

0 comentários:

Postar um comentário

CÓDIGO DO LINKWITHIN