Ads 468x60px

Labels

Labels

26 de abr de 2011

Hackers invadem PSN e conseguem dados dos gamers



Faz seis dias que os usuários da PlayStation Network (PSN) não conseguem acessarsuas partidas online. Mais do que uma correção de vários bugs, o período offline tem um motivo muito mais sério: hackers conseguiram invadir o sistema da Sony e obtiveram acesso a inúmeros dados pessoais dos usuários cadastrados. Sim, a coisa é tão ruim como a gente imaginava.

Em comunicados anteriores, a Sony havia admitido que houve “intrusos externos” dentro da PSN, o que obrigou a empresa a desativar a rede de games online. Essa invasão aconteceu entre os dias 17 e 19 de abril, com direito a informações de usuários serem obtidas pelos cibercriminosos.
Não são poucos os dados que foram revelados: nome, endereço (cidade, estado, país e código postal), endereço de e-mail, data de nascimento e o login e senha da conta na PSN. A Sony ainda afirma que não descarta a possibilidade de números de cartão de crédito e datas de validade desses mesmos cartões terem sido também obtidos pelos hackers. Tudo o que a empresa diz por enquanto é que o código de segurança continua seguro.
Além de desligar temporariamente a PSN e a Qriocity, a Sony contratou uma empresa de segurança para conduzir “uma completa investigação” sobre o que de fato aconteceu. A empresa também diz ter se esforçado para reescrever o código da PSN “a fim de fornecer uma maior proteção para as informações pessoais” dos gamers.
A recomendação por ora é a de sempre: que os usuários da PSN tenham atenção redobrada com relação a mensagens (seja por e-mail, telefone ou correio) pedindo informações particulares da pessoa. “A Sony não vai, de maneira alguma, entrar em contato com você, ainda que por e-mail, pedindo seu número de cartão de crédito, número da seguridade social e outras informações que possam identificá-lo”.
Temos a promessa de que a PSN e a Qriocity serão reativadas “o mais rápido possível”.

0 comentários:

Postar um comentário

CÓDIGO DO LINKWITHIN